Dente do Siso – Terceiro Molar

Freqüentemente somos questionados sobre os terceiros molares, também chamados siso ou “dentes do juízo”, e suas implicações clínicas. Localizado nas extremidades das arcadas dentais, os sisos costumam irromper no final da adolescência, entre os 16 e 20 anos. Como, nessa idade as pessoas passam a cobrar uma postura mais adulta dos jovens, eles acabaram conhecidos como os dentes do juízo. Normalmente são quatro dentes: dois superiores, esquerdo e direito; e dois inferiores, também um de cada lado. Esses dentes eram úteis aos nossos antepassados. Os homens das cavernas faziam muita força para morder e isso ajudava a desenvolver tanto a musculatura facial quanto a arcada dentária. Hoje, todo mundo come alimentos relativamente macios e, assim, não existe mais a necessidade de tantos dentes. A tendência evolutiva é que os sisos desapareçam, mas isso pode levar séculos para acontecer. Já é comum pessoas não desenvolverem um ou mais sisos. Assim como existem casos de pessoas com quartos molares (dentes supranumerários). No caso do homem moderno, há um agravante mais recente em sua história – o uso da mamadeira no primeiro ano de vida. Ela pode impedir que a criança faça a sucção necessária para fortalecer e desenvolver as arcadas adequadamente, o que gera, entre outros problemas ortodônticos, o mal posicionamento dos dentes, inclusive os sisos.Devido à falta de espaço na boca, freqüentemente os sisos nascem mal posicionados, ficam impactados ou permanecem inclusos no osso, precisando que sejam extraídos numa cirurgia relativamente simples, feita no consultório dentário. A época ideal vai depender do acompanhamento de cada caso por meio de radiografia. Alguns precisam se livrar dos siso ainda na adolescência. Em outros casos, só na idade adulta.

O terceiro molar, impactado contra o dente da frente, pode causar a reambsorção deste, além do mal posicionamento. Como é de difícil higienização, esses dentes são mais suscetíveis a doenças como pericoronarites, gengivites e periodontites, além de cárie, o que causa dor, inflamação (inchaço), mau hálito e muito desconforto. Dentes inclusos podem gerar cistos, principalmente o cisto dentígero. Esses são os maiores motivos para que se indique a remoção dos terceiros molares. Porém, esse diagnóstico deve ser feito por um especialista. Inclusive, com auxílio de um aparelho ortodôntico, é possível substituir um molar perdido prematuramente, puxando-se o siso para o local.

Uma pergunta freqüente: É verdade que o dente do siso empurra os outros dentes, provocando mudanças de posição? Há duas correntes: a primeira diz que, se houver espaço suficiente para a erupção do siso e o paciente não tiver tendência a apinhamento (mudança de posição), não haverá problemas. Já a segunda diz que, se o espaço for insuficiente e o paciente tiver tendência a apinhamentos, ou mesmo, só submetido à ortodontia, mas com a mesma tendência, poderá ter problemas futuros, como o apinhamento de dentes. Porém, é importante frisar que, atualmente, há trabalhos científicos que provam que o apinhamento dentário não é causado pelo terceiro molar e sim pelo crescimento mandibular residual.